quarta-feira, fevereiro 18, 2004

Vai uma anedotazita, vizinhos?

Na minha paróquia o padre é alemão. Até aqui, nada de anormal. O pior é quando o tipo faz sermões... Sai mais ou menos assim:
Serrmon da Padre Alemon
Minhas carríssimos irmons, quem criô o Mundo fô Deusss: onten fô dia santo, fô dia de alegria, fô dia de satisfaçon.
O semana que vem terremos prossisson, mas nô serrá como o do ano passada que os mulherres se menstruava com as homens.
Ela serrá combosta de trrês filas: uma combosta de homens, uma combosta de mulherres e otrra combosta de crianças.
Todos os senhorras deverron virr de véu. Quem non tiverre véu, vem cu do mãe, cu do tia, cu do vó ou cu de quem quiserr.
Os mulherres deverran trrazerr vêlas. Os casadas, que já têm experriência, lavarron vêlas no frente, os solteirras que nunca levarram, levarron atrrás e os velhinhas, coitadinhas, que já levarram muitos, não precisam levarr.
Mais uma aviso para as homens: non deverron amarrar cavalas no pau do Igrreja, porque aquela pau non serr do Igrreja, aquela pau serr meu.
Depôs non digan ca ralho convosco!
Outrro avisa prrós vaqueirros: non deverron entrrarr com esporrras no Igrreja, porrque esporra aqui, esporra ali, von acabarr esporrando todo no gente.
Terremos também um campanha parra cerrcar cemitérrias, parra cavalas non entrrarem, senon piça ali, quando vocês morrerr piçan vocês tambén.
Porr falarr em piçarr, um avisa parra os moças: non piçen no grama, von piçarr nos gramas de seus casas.
No fin do procisson, terremos uma grrande chupada no frrente do Igrreja: esticarremos uma pau, colocarremos um parril en cada punta, do lado dirreita ficarron as homens, do lado esquerrda os mulherres, quando eu contarr até trrês, von todos prró punta da parril.
Qualquerr outrra informaçon, estarrei à disposiçon no putarria do Igrreja.

Vou-me emborrra prrra dentrrro, vizinhas.
Até logo...

Reacções:

0 comentários: