quinta-feira, junho 24, 2004

Para matar saudades...

A rapaziada mais jovem não sabe muitas vezes dar valor ao que tem.
Muitos nem conseguem imaginar a vida sem telemoveis e muito menos sem computador.
Pois bem, meus meninos e meninas, acreditem: não há muito tempo, apenas duas décadas, não só ter um computador era um luxo como os que havia eram tão pouco sofisticados, comparativamente com os de hoje, que um jogo como este era uma verdadeira maravilha da tecnologia e fazia-nos passar tardes inteirinhas a inserir moedas de vinte paus (lembram-se??.. vinte escudos... antes de haver o euro tinhamos os escudo!... hehehe) nas ranhuras glutonas das máquinas viciantes colocadas em cafés e salões de jogo.
E podem crer que de tanto jogar havia verdadeiros craques nesta arte. Tão bons que eram quase idolos adorados pela arraia mais miúda. Cá o vizinho foi um desses idolos, não neste jogo mas noutro parecido que infelizmente ainda não consegui encontrar... mas um dia...

Ora cliquem lá para ver se conseguem aprender alguma coisa!
E depois de a página abrir cliquem em "Play" (do lado esquerdo).
;-)
Até já, vizinhos.
Vou pra dentro.

Reacções:

0 comentários: