terça-feira, junho 01, 2004

A VISITA D' O ALGUIDAR PNEUMÁTICO

A convite d’O Vizinho, cá estou eu na sua casa! Vou ser comedido nas palavras, porque isto é uma casa de pessoas de bem, e eu não a quero desrespeitar... O Vizinho fez-me duas "exigências": escrever no mesmo estilo que no meu blog (mas que estilo?), e pediu-me, para não me acanhar... Acanhar? Eu? No dia em que eu me acanhar, podem ter a certeza que Mourinho (esse grande amigo do Vizinho) será uma pessoa simples e simpática...
E cá vou eu, atirar-me às feras, discursar para a vizinhança...
O tema que vou tratar, aqui na familiar casa d’O Vizinho, não fosse hoje Dia Mundial da Criança, é:

AS MULHERES NOS NOSSOS DIAS...(OU NOITES, COMO QUEIRAM!)

Se estivesse a escrever uma redacção na escola primária, começaria mais ou menos assim: "As mulheres são muito bonitas e algumas têm as mamas grandes...". Como agora já sou um bocado mais crescidito, começo assim:

As mulheres, por acaso, são muito bonitas e algumas até têm as mamas grandes, são o sol da nossa vida, mas quando começa a trovejar para o nosso lado, estamos bem tramados...
Uma coisa é certa, hoje em dia, as mulheres já não se podem queixar de serem discriminadas na nossa sociedade. Eu próprio estou a mudar, hoje em dia dou quase tanta importância a um jogo de futebol, como ao DVD dos melhores momentos de Shakira.(pausa )

Fiz esta pausa, porque benzo-me sempre três vezes de cada vez que ouço ou pronuncio o nome da deusa Shakira (nova pausa )...
Com tanta Shakira (mais três vezes ), já me perdi... Onde é que eu ia?

Era isso! Pois, as mulheres já são respeitadas na sociedade (e acho muito bem!), algumas até já chegam a "cascar" nos maridos... Eu concordo, se a mulher bate no marido, é porque ele é um "mariconço", e não deve ser nada abonatório para uma mulher, estar casada com um "paneleirote".

Mas há mais exemplos de mudança!... Antigamente quem tomava conta do dinheiro? Eram os homens... Hoje em dia quem é que mexe nas nossas carteiras todos os dias? É a Manela , pois claro, só podia ser ela, não sei se é mulher, mas é ela que o faz...
Antigamente quem fugia para o Brasil? Também não era bem homem (Padreco Frederico )... Agora quem é que foge para lá? Uma mulher claro está (Fátinha Felgueiras )...

Mas isto não vai ficar por aqui, quando lá para 2076, o meu neto for convidado pelo neto d’O Vizinho para botar faladura aqui, uma das frases dele será: "Quem engravidava antigamente? Eram as mulheres... Pois bem, mas agora são os machos...".

Até sempre, vizinhos.
Vou pra dentro, porque mesmo à janela, não estou livre de ser apedrejado pela mulherada.

"Idealizado e dizido" por João Tiago

Reacções:

0 comentários: