quarta-feira, fevereiro 09, 2005

Poema...


Eu cavo, tu cavas, ele cava, nós cavamos, vós cavais, eles cavam.
Não é bonito, mas é profundo.


Até logo, vizinhos.
Vou pra dentro.

Reacções:

0 comentários: