quarta-feira, setembro 06, 2006

Rubrica: Invenções mais ou menos idiotas

Na menor cidade da Bahia, Madre de Deus, com apenas 11 Km quadrados, uma casa de três pavimentos e apenas dois metros de largura chama atenção de quem olha.
A residência, abriga 2 salas, cozinha, 3 suítes e uma varanda, pertence a
Helenita Queiroz Grave Minho, 43 anos, e seu marido, Marco Antonio, 46 anos. Além dos dois, vivem na apertada casa três filhos, a mãe de Helenita, a irmã e um cachorro.


No terreno estreito, Helenita, ao ficar desempregada, resolveu construir uma casa para alugá-la, o que poderia ser uma fonte de renda.
Marco Antonio achou maluquice, mas resolveu contratar um pedreiro, que, desconfiado, disse que nunca daria certo, afirmando que nem uma geladeira caberia na casa. E não coube. Os móveis da família tiveram que ser desmontados para entrar na casa.
Ao fim dos dois anos de obras, os donos ficaram satisfeitos com a residência, que era maior que a antiga. Assim, Helenita resolveu se mudar para a casa estreita e alugar a outra, que hoje rende um aluguer de R$ 700
por mês.A prefeitura da cidade de 12 mil habitantes criou problemas, mas após a apresentação da planta, acabou aceitando o novo ponto turístico da cidade, onde turistas se sentam nos bancos em frente da casa para tirar fotos. Agora, Helenita e Marco Antonio planejam a construção de um quarto pavimento, na
cobertura, aberto para o lazer da família, com churrasqueira.

Reacções:

0 comentários: