domingo, março 25, 2007

Vá lá perceber-se isto...

Assim funcionam as coisas, e não há nada a fazer.
As organizações deste tipo de provas fazem esforços incalculáveis para as conseguirem divulgar nos meios de comunicação, e ainda assim só algumas revistas da especialidade e um ou outro jornal regional é que colocam essa divulgação nas suas páginas.
Mas eis que, sem qualquer intenção que não a de receber o respectivo patrocínio, um clube organizador de uma prova de motocross coloca nos seus cartazes plásticos a publicidade a uma agência funerária... e de repente torna-se NOTÍCIA APETECÍVEL tanto a nível regional como até em jornais nacionais como o "24 Horas".

O cartaz da polémica ...

Reacções:

0 comentários: