segunda-feira, outubro 16, 2006

Piiiiii ada !

Ela estava com o amante na cama quando, de repente, ouviu abrir o portão da garagem e o carro do marido a entrar.
- Jorge! Jorge! O meu marido está a chegar! Goza depressa! Goza depressa!
Sem pestanejar, o Jorge levantou-se rápido como um raio, foi à janela e gritou:
- Ó grande cornudo! Estou a comer a tua mulher! Nha nha nha nha nhaaaaa nha!

Reacções:

0 comentários: