terça-feira, março 01, 2005

Mail - A melhor forma de vender banha da cobra

Caros vizinhos, já recebi imensas vezes por mail o texto que a seguir reproduzo parcialmente:

O que fazemos aos óleos alimentares que usamos nas nossas fritadeiras (batatas, pastéis, etc)?
...blablabla... após algumas utilizações, deitamos o óleo no lava-loiças ou mesmo na casa de banho, certo?
Pois eu também fazia isso, até ontem, quando descobri que este era dos maiores erros que podíamos cometer. .. blablabla... o melhor que tem a fazer é colocar os óleos utilizados numa daquelas garrafas de plástico (por exemplo as garrafas das águas minerais), fecharem-nas e colocarem no vosso lixo normal (ou seja, o orgânico). Todo o lixo orgânico que colocamos nos sacos vai para um local onde são abertos e triados; assim, as nossas garrafinhas são abertas e vazadas no local adequado...blablabla...
Esta informação foi transmitida por uma engenheira do ambiente!!

Grande tanga!
Vocês nunca viram um camião a recolher lixo dos contentores???
Tem uma prensa, percebem??
Aquela merda vai toda comprimida e triturada, directamente para o aterro sanitário e aí é comprimida por um buldozzer e enterrada, seus grandes tótós!
Tá-se mesmo a ver: um exército de gajos vestidos com macacos verdes, luvas e botas de borracha, máscaras, toucas e óculos, a vasculhar o lixo (ainda para mais lixo orgânico (BBLLLHHAAAAAAC!) para encontrar hipotéticas garrafinhas de óleo, não é?? Pois...

Olhem lá, já vi que são pessoas com muita visão! Tenho aí um negócio que pode interessar-vos, mas fica só aqui entre nós, é segredo, ok?... Vendo a Ponte Vasco da Gama por um preço muito acessível e o feliz comprador fica o resto da vida a receber as portagens...
Vá, não briguem, vamos fazer isto por leilão... tá em 5000 Euros, quem dá mais?

DAAA-AAAAAAAA !!!

Até logo, vizinhos.
Vou pra dentro.

Reacções:

0 comentários: